Piso 0

entrada: Condições Gerais

Platon’s mirror (2010)

Mischa Kuball

2012-06-21
2012-07-29

A partir dos anos 90, a luz tornou-se o tema central na obra de Mischa Kuball. Cruzando os campos da fotografia, do vídeo e da instalação, o artista explora as diferentes dimensões da luz, e das suas declinações (obscuridade, sombra, reflexo…), desde a esfera privada do espaço habitacional até à escala urbana da arte pública. Para Kuball, a luz não se limita a um fenómeno visual, dado que potencia a tomada de consciência e, consequentemente, a intervenção. Nesse sentido, as suas instalações lumínicas, com um caráter assumidamente conceptual, reinterpretam referências históricas ou filosóficas, convertendo frequentemente o espaço arquitetónico em palco e o espectador em ator.

O título desta instalação (platon’s mirror) sugere, desde logo, a intenção de Mischa Kuball de evocar um dos textos mais influentes da filosofia ocidental - A Alegoria da Caverna inserido no Livro VII de A República de Platão. Contudo, a proposta de Kuball, ao criar um espaço imersivo em que o espectador se confronta, simultaneamente, com o seu reflexo, a sua sombra e o reflexo dessa sombra, mais do que discutir a relação entre a realidade física, a ilusão das imagens projetadas e a verdade do conhecimento, visa questionar o contexto em que as imagens, construídas pela luz, se revelam como uma meta-realidade. Uma realidade que, em limite, corresponde à condição da obra de arte e, talvez, do próprio observador; “e tudo isto [como diria Didi-Huberman], para acabarmos por ser nós mesmos tão-só uma imagem”.

Helena Barranha

A instalação que agora se apresenta na Sala Polivalente do MNAC – Museu do Chiado, em colaboração com o Instituto Goethe, inscreve-se no circuito internacional do projeto platon’s mirror, exposto pela primeira vez, em 2010, no ZKM - Zentrum für Kunst und Medientechnologie, em Karlsruhe.

 

Em Exibição

NOITES DE VERÃO 2019

Concertos às Sextas-feiras em Agosto

2019-08-02
2019-08-23
Curadoria: Filho Único
NOITES DE VERÃO 2019 concertos às Sextas-feiras em Julho no Jardim dos Coruchéus em Agosto no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado pelas 19h30 e com entrada livre
Concertos

CAIS Urbana

Curadoria: Mistaker Maker
Exposição comemorativa dos 25 anos da Associação CAIS
Exposição temporária

Inês Norton.

Please [do not] touch

2019-06-28
2019-10-27
Curadoria: Adelaide Ginga e Emília Ferreira
Esta exposição de Inês Norton sublinha a necessidade de recuperar a plena consciência do corpo, sob pena de perdermos o essencial do que é ser humano
Exposição individual

Henrique Vieira Ribeiro. O Arquivista. Projeto CT1LN: parte II

2019-06-19
2019-09-15
Curadoria: Adelaide Ginga
Exposição interactiva que consiste na Parte II do Projecto CT1LN, um projecto artístico que teve por mote o espólio de um rádio amador. A segunda parte, que aqui se apresenta, deixa ao público a exploração do tema
Exposição individual

Rui Macedo. (In)dispensável ou a pintura que inquieta a colecção do museu

2019-05-14
2019-09-29
Curadoria: Emília Ferreira
Recordando-nos que um artista é um caçador-recolector, um respigador de sentidos, de formas, problemas e propostas, esta exposição relembra-nos que um museu é um local de constante e inquietante descoberta.
Exposição temporária

ARTE PORTUGUESA. RAZÕES E EMOÇÕES

2018-04-20
2019-10-27
Curadoria: Maria de Aires Silveira, Emília Tavares, Emília Ferreira
A presente exposição da coleção abrange grande parte do seu arco temporal, desde meados do século XIX até à década de 80 do século XX ocupando a totalidade das galerias da Ala da rua Serpa Pinto
Exposição da coleção